gototopgototop

Traduzir - Translate

Faixa publicitária

Pensamento do Dia

Se caíres sete vezes, levanta-te oito. (Provérbio chinês)

Pesquisar no site

Newsletter

Descriminação

Qual destes grupos acha o mais discriminado socialmente?
 

Opus Gay no Mundo

Todos os artigos publicados pela Opus Gay podem sempre ser integralmente lidos nas seguintes 58 línguas:
(all the articles published by Opus Gay can be read in any of the following 58 languages)
 
Afrikaans
Albanês
Alemão
Árabe
Arménio
Azerbeijano
Basco
Bielorusso
Búlgaro
Catalão
Checo
Chinês Simplificado
Chinês Tradicional
Coreano
Croata
Dinamarquês
Eslovaco
Esloveno
Espanhol
Estónio
Filipino
Finlandês
Francês
Galego
Galês
Georgiano
Grego
Haitiano
Hebraico
Hindu
Holandês
Húngaro
Iídiche
Indonésio
Inglês
Irlandês
Islandês
Italiano
Japonês
Letão
Lituano
Macedónio
Malaio
Maltês
Norueguês
Persa
Polaco
Português
Romeno
Russo
Sérvio
Suaíli
Sueco
Tailandês
Turco
Ucraniano
Urdu
Vietnamita
 
* use o botão
"Traduzir - Translate"
 no topo desta coluna *

Contador de visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje566
mod_vvisit_counterOntem672
mod_vvisit_counterEsta semana566
mod_vvisit_counterÚltima semª.4810
mod_vvisit_counterEste mês16759
mod_vvisit_counterMês passado20367
mod_vvisit_counterTotal3058595

We have: 61 guests online
Seu IP: 54.145.103.69
 , 
Hoje: 24 Jun 2018

Dia Internacional contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia

Share

   Imagem

Dia Internacional contra a HomofobiaBifobiaTransfobia

 

O Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia (DICHT) é reconhecido em mais de 60 países em todo o mundo, sendo assinalado a 17 de maio, desde 1990, quando a Organização Mundial de Saúde eliminou a homossexualidade da sua lista de doenças mentais.

Assim, demos início ao Ciclo de Ações "Gente desse Género", durante os próximos trinta dias.

 

Na Austrália, por exemplo, embora se tenha feito um longo trajeto, leis injustas e atitudes hostis significam que a discriminação contra pessoas homossexuais, lésbicas, bissexuais, transgéneros e Intersexo (LGBTI) ainda está difundida.

A maioria das pessoas LGBTI tem que lidar com o assédio homofóbico ou transfóbico ou com o abuso verbal e muitas foram agredidas fisicamente apenas por serem quem são. Como resultado da homofobia e da discriminação, os jovens LGBT são mais propensos ao consumo de drogas, a lesões autoinfligidas ou à tentativa de suicídio.

As pessoas LGBTI na Austrália, por exemplo, ainda lutam pela igualdade de direitos, como o direito de se casar, ou o direito de adotar crianças, e algumas igrejas, escolas e instituições ainda legalmente podem discriminar com base na sexualidade.

No caso de Portugal, porém, há direitos adquiridos, mas que são comumente colocados em causa. Foi uma grande conquista o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas continua a pairar o ‘fantasma’ da possibilidade da adoção conjunta, que até agora se tem cingido apenas ao nível individual – em termos sociais, esta situação continua a gerar o debate, dado que, na prática, a médio trecho, e em caso de situação de óbito, por exemplo, do progenitor jurídico, @ parceir@ sobrevivo pode ver retirada a guarda da criança, por não ser aceite em termos do direito. Começam a surgir algumas vozes políticas com o intuito de tentarem introduzir algumas ligeiras alterações. Resta aguardar que o bom senso impere e os direitos da criança venham como prioridade maior.

Eis porque precisamos do DICHT. É uma grande oportunidade para desafiar a homofobia e a transfobia e celebrar a diversidade. 

Qualquer pessoa, seja essa pessoa heterossexual, bissexual, homossexual, transexual, intersexual, se pode envolver em qualquer ação, grande ou pequena, e pode fazer a diferença.

 

Afinal, todos partilhamos este espaço que é o planeta Terra!

Estamos juntos!

Saudações LGBT!

António Guarita

Coordenador do Projeto “Agressão, Não!” contra a Violência Doméstica entre Casais Homossexuais

 cropped-agressaonao.jpg

  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
www.agressaonao.wordpress.com
Tel.: 96 157 14 97

Traduções

Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária